skip to content
 

Trabalho destaque no Encontro de Saberes 2018: Ciências da Vida

Na edição de 2018 do Encontro de Saberes, a aluna Carini Picardi Morais De Castro, autora do trabalho “Análise Citogenética Molecular de Quatro Espécies de Formigas Cortadeiras (Hymenoptera: Formicidae)”,financiado pelo Cnpq, UFOP e FAPEMIG sob orientação de Maykon Passos Cristiano, recebeu o prêmio de destaque na área de ciências da vida.

O trabalho visou o estudo citogenético de quatro espécies das formigas conhecidas popularmente como cortadeiras. As cortadeiras são compostas por apenas dois gêneros (Atta e Acromyrmex) e pouco se sabe sobre a diversidade e história evolutiva do grupo, esse fator foi o que motivou a pesquisa. As formigas cortadeiras são extremamente importantes para o ecossistema em que estão inseridas porque seus hábitos de corte de folhas verdes ajudam na re(ciclagem) de nutrientes do solo e, ainda servem de alimento para outros invertebrados.. A citogenética - ciência que gera conhecimento evolutivo por meio de análises cromossômicas - e a técnica utilizada nesse estudo permitiu que regiões específicas nas extremidades cromossômicas (chamadas de telômeros) fossem identificadas. Os resultados dos padrões das regiões teloméricas das quatro espécies de formigas estudadas foram comparados com resultados de outros trabalhos, assim foi observada grande uniformidade entre as espécies de cortadeiras e outras espécies de insetos. Os padrões das regiões teloméricas são bons indicadores evolutivos porque representam uma sequência de DNA originária de um ancestral primitivo, ou seja, os grupos que possuem semelhanças entre as sequências, provavelmente são descendentes de um mesmo ancestral. Então, o estudo foi importante para identificar qual a sequência de DNA presente nos telômeros das formigas cortadeiras e sugerir os padrões da história evolutiva do grupo.

Projeto teve financiamento do CNPq, para os bolsistas PIBIC, PIBIC-AC e PIBITI.

Twitter icon
Facebook icon
Google icon