skip to content
 

Grupo Emergente - Turismo

Nome do Grupo: Turismo

Coordenador(a): Alissandra Nazareth de Carvalho

Unidade de vínculo: DETUR/EDTM

Data de criação: 11/04/2013

Telefone: (31)3559-1447

E-mail: O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo.">mestradoturismo@turismo.ufop.br
 

 

Histórico do Grupo:

O curso de Turismo da Universidade Federal de Ouro Preto, que tem 14 anos, possui 12 professores, sendo nove doutores e três doutorandos. A proposta inicial tem como objetivo a criação de um programa de pós-graduação em Turismo, tendo como área de concentração a “Gestão e Desenvolvimento do Turismo e do patrimônio cultural”, uma vez que o curso possui como laboratório a cidade de Ouro Preto, primeira do Brasil a ser considerada Cidade-Monumento pela Inspetoria de Bens Nacionais do Museu Histórico Nacional em 1933. Ouro Preto foi tombada em seu conjunto como Patrimônio Nacional pelo Serviço do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (SPHAN) em 1938 e elevada a Patrimônio da Humanidade pela UNESCO em 1980. Há também uma enorme possibilidade de gestão e desenvolvimento de equipamentos e atividade turística neste cenário. Além disso, quando da elaboração da proposta de pós-graduação,foi levada em conta a região do entorno com outros municípios, como Mariana e Tiradentes,além de seus respectivos distritos como importantes meios para o estudo do patrimônio cultural brasileiro, notadamente o período barroco e o ciclo do Ouro.
Após a criação do grupo emergente em Assembleia do Departamento de Turismo, uma primeira reunião foi realizada para definição da área de concentração, do perfil do curso e das linhas de pesquisa, no dia 20 de novembro de 2013 e, a partir desta data, as discussões foram sendo direcionadas para a elaboração dos resumos das linhas de pesquisa. O grupo contou com a participação do Pró-Reitor de Pesquisa e Pós-Graduação, professor Valdei Araújo, em uma das reuniões para maiores esclarecimentos. Após estas primeiras reuniões, foram definidas duas linhas de pesquisa: Patrimônio, Cultura e Sociedade; Turismo e Gestão do Patrimônio Cultural e Natural.

Atualmente, após recentes discussões, retomadas de reflexão e necessidades de atualização em virtude da atualização dos membros do grupo, assumiu-se a proposta guarda-chuva de se trabalhar com a Gestão e o Desenvolvimento do Turismo e do Patrimônio Cultural, adotando-se duas novas linhas de pesquisa: (1) Turismo, Desenvolvimento e Gestão; (2) 

Áreas de Interesse:

As diferentes habilidades acadêmicas dos professores possibilitam o interesse por áreas diversas, mas que convergem com a grande área das Ciências Sociais Aplicadas e das Ciências Humanas, como o Turismo, a Museologia, a Economia, a Administração, a História, a Geografia, a Antropologia, a Sociologia, a Filosofia, a Hospitalidade, a Arquitetura e Urbanismo, a Ciência Política, a Educação e áreas afins. Abrange também a área das Ciências da Terra em abordagem sobre o meio ambiente, como a Geologia.

Docentes envolvidos: 

  • Profa. Dra. Alissandra Nazareth de Carvalho - Profa. Adjunto II do Departamento de Turismo, da EDTM - Curriculum Lattes
  • Prof. Dr. Bruno Pereira Bedim – Prof. Adjunto II do Departamento de Turismo, da EDTM - Curriculum Lattes
  • Prof. Dr. João Nazário Simões Vilaschi – Prof. Adjunto I do Departamento de Turismo, da EDTM - Curriculum Lattes
  • Profa. Dra. kerley dos Santos Alves - Profa. Adjunto I do Departamento de Turismo, da EDTM - Curriculum Lattes
  • Prof. Dr. Leandro Benedini BrusadinBrusadin – Prof. Adjunto II do Departamento de Turismo, da EDTM - Curriculum Lattes
  • Prof. Dr. Marcos Eduardo Carvalho Gonçalves Knupp – Prof. Adjunto I do Departamento de Turismo da EDTM - Curriculum Lattes
  • Profa. Dra. Maria do Carmo Pires – Profa. Adjunto IV do Departamento de Turismo, da EDTM - Curriculum Lattes
  • Prof. Dr. Rodrigo Burkowski - Prof. Adjunto I do Departamento de Turismo, da EDTM - Curriculum Lattes
  • Prof. Dr. Rodrigo Meira Martoni - Prof. Adjunto I do Departamento de Turismo, da EDTM - Curriculum Lattes

Núcleos, laboratórios e grupos de pesquisa do CNPq:

Oficina do Turismo: Núcleo de Pesquisa e Extensão

Estágio de Amadurecimento da Proposta: 

A proposta se encontra semiestruturada, uma vez que possui um núcleo de professores com objetivos, áreas de interesse e linhas de pesquisa já definidos e consistentes. Possui como meta de abertura da primeira turma para ano de 2019.

Áreas e Linhas de Pesquisa:

  • Área de Concentração:

Gestão e o Desenvolvimento do Turismo e do Patrimônio Cultural: Contempla o Planejamento Turístico, a gestão pública e privada do Turismo e sua integração sustentável em relação ao Patrimônio Cultural e Natural da Humanidade, principalmente o brasileiro. Abrange o levantamento, a análise e a prática das diferentes formas de gestão do turismo e seus equipamentos, além de pesquisas que evidenciam concepções e usos dos significados do conceito de patrimônio na sociedade.

  • Linhas de Pesquisa:
    • 1) Turismo, Desenvolvimento e Gestão: Esta linha abrange pesquisas relacionadas ao fenômeno turístico, seu desenvolvimento a nível mundial, evolução histórica, impactos e transformações ao longo do tempo e características da gestão em todos os âmbitos: empresas turísticas, ambiente natural, unidades de conservação, hospitalidade, equipamentos, unidades de conservação, planejamento natural e trade turístico. 
    •  
    • 2) Turismo, Patrimônio e Sociedade: Esta linha abrange pesquisas relacionadas ao entendimento epistemológico do patrimônio cultural e seu dimensionamento temporal e territorial. Tais estudos vinculam-se aos seus diversos atores em suas práticas e representações no âmbito de cidades patrimonio, bem como seu uso turístico. Foca ainda estudos sobre preservação, organização, planejamento e a educação, além das dimensões tangíveis e intang~iveis do patrmônio em perspectiva interdisciplinar.  

Comitê de Área da Capes:

Administração, Ciências Contábeis e Turismo

 

Autoavaliação:

O uso da prática regionalista pelo turismo através da valorização, da preservação e da identificação da cultura local é uma das formas com que se pode pensar um planejamento de uma atividade e torná-la algo mais do que apenas um produto de interesse mercadológico. Um plano de ação interpretativa deve envolver a comunidade em relação dialógica com seu passado, seu presente e suas metas para o futuro. Interpretar o patrimônio das culturas regionais e, por outro lado, torná-lo como potencialmente atrativo aos visitantes é uma tarefa que envolve responsabilidades e complexidades ampliadas. Desta forma, o papel do Programa de Pós-Graduação em Turismo, tendo como área de concentração a “Gestão e o Desenvolvimento do Turismo e do Patrimônio Cultural” pode ser fundamental ao possibilitar a criação de programas de preservação do patrimônio cultural e natural, tangível e intangível.

Outras informações relevantes:

É importante salientar que o grupo está vinculado a diversos projetos de pesquisa e de extensão, respectivamente cadastrados na Pró-Reitoria de Pesquisa e Pós-Graduação (PROPP) e na Pró-Reitoria de Extensão (PROEX) da UFOP, e tem organizado e participado de eventos científicos, além de possuir laboratórios com uma significativa produção científica.